O candidato ao Senado Federal Nelton Friedrich (PDT) comprometeu-se com os projetos para o desenvolvimento socioeconômico de Foz do Iguaçu. Nessa terça-feira, 25, ele assinou o documento do Codefoz (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social) com as pautas prioritárias defendidas pela sociedade civil organizada e o poder público.

Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

À reunião, Nelton Friedrich foi acompanhado de integrantes de seu partido e de um candidato a deputado federal. Nelton assinou a carta-compromisso conjuntamente com o presidente do Codefoz, Mario Camargo, e com o secretário-geral da entidade e secretário municipal de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, que representou o prefeito Chico Brasileiro (PSD).

Camargo apresentou as 13 reivindicações que integram o documento do Codefoz para fomentar o crescimento da cidade. Ele enfatizou que as prioridades são investimentos em infraestrutura e logística para melhorar as condições de mobilidade, fator necessário para estimular de forma integrada o desenvolvimento na região trinacional.

“Estamos focados em mobilidade. A região cresceu muito, mas a infraestrutura não acompanhou esse desenvolvimento”, apontou Mario Camargo. “Os investimentos que reivindicamos são indispensáveis para promovermos o turismo, que é o carro-chefe da nossa economia, o comércio e os serviços”, frisou o presidente do Codefoz.

Crescimento

Secretário-geral do Codefoz, Gilmar Piolla fez um balanço dos investimentos públicos e privados que estão sendo feitos em Foz do Iguaçu. Destacou o aumento do número de visitantes, de voos nacionais e internacionais, a diversificação dos atrativos e os novos empreendimentos. Ele ressaltou o aumento de empregos formais, que garantem ao município o primeiro lugar na geração de postos de trabalho nas regiões Oeste e Sudoeste.

“São dados que demonstram o potencial de crescimento da cidade”, enfatizou Piolla. “Hoje nossa estratégia de desenvolvimento do turismo está centrada na conectividade aérea. A pista do aeroporto está sendo ampliada, e o terminal passa por várias melhorias. Por isso a importância das obras de infraestrutura com a duplicação da Rodovia das Cataratas e as construções da segunda ponte com o Paraguai e da Perimetral Leste”, disse.

Projeto de nação

O candidato a senador Nelton Friedrich, que tem domicílio eleitoral em Foz do Iguaçu, apresentou sua trajetória na vida pública. Ele foi deputado estadual, deputado federal, deputado federal constituinte, secretário estadual do Governo do Paraná e diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu Binacional.

Foto: Marcos Labanca

Foto: Marcos Labanca

Aos representantes do Codefoz, Nelton defendeu a coesão entre a sociedade civil e a iniciativa privada, dizendo que pretende ser senador da República para ajudar na implantação de um projeto de nação, a partir de projetos estruturantes. Afirmou que os grandes temas nacionais para o desenvolvimento do Paraná e do Brasil devem ter prioridade no debate político.

“Creio muito na necessidade de um minipacto nacional, ou pacto de emergência, baseado no espírito de convivência, harmonia e tolerância”, destacou Nelton. “A questão emergencial é reaquecer a economia e fazer as grandes reformas, especialmente a tributária, com base na simplificação, justiça e transparência. Queremos trocar impostos por empregos”, apontou.

O candidato a senador Nelton Friedrich mencionou ainda a diversificação dos modais de transporte e criticou os pedágios no Paraná. Informou que defenderá a navegação de cabotagem, a sustentabilidade e o conhecimento como indutores de desenvolvimento. Também ressaltou o que considera ser a diferença de sua atuação no Congresso Nacional: “Serei o senador que serve, e não o que se serve”.

Compromisso

O documento com as pautas prioritárias para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu abrange propostas de infraestrutura, logística, promoção do destino turístico e investimentos em áreas sociais. Além de Nelton Friedrich, já assinaram a carta-compromisso os candidatos ao Governo do Paraná Ratinho Junior (PSD), Cida Borghetti (Progressistas) e Jorge Bernardi (Rede), e a candidata a vice-presidente Ana Amélia (Progressistas).

A íntegra do documento pode ser acessada em www.codefoz.com.br.